Qualidade nos processos de transportes.

No dia 19 de dezembro de 2014 foi sancionada a lei 15.626 onde torna-se obrigatória a presença do Farmacêutico Responsável Técnico em empresas transportadoras de medicamentos/ produtos para saúde. A presença de farmacêuticos nas transportadoras de medicamentos é essencial, dentre outros aspectos, para o constante acompanhamento de produtos como vacinas, material biológico, medicamentos oncológicos, insulinas, entre outros; cuja exposição a condições indesejáveis tais como temperaturas extremas, mal armazenamentos/acondicionamentos podem prejudicar a qualidade e integridade desses produtos.

 

O responsável técnico, tem o dever ético de zelar não somente pela qualidade dos serviços prestados, mas também pelo cumprimento das normas éticas e sanitárias,mais do que uma exigência legal é uma garantia da Speed Transfer para com seus clientes de que a prestação dos serviços está sendo executada por um profissional habilitado e capacitado.